Arquivo da tag: plantio de árvores

Pedal Verde Eleitoral

Esse mês o pedal verde coincide com o segundo turno. Sendo assim remarcamos o horário para as 10h da manhã ali na casa do Agrônomo no Viveiro Manequinho Lopes (mapa aqui).

Resolvemos fazer bombas de sementes

RECEITA BÁSICA (Seed Balls, por Masanobu Fukuoka)

INGREDIENTES:
5 partes – terra argilosa peneirada (de preferência vermelha);
3 partes – composto (de planta, não incluir esterco animal);
1 parte – coquetel de sementes SECAS (procure incluir uma boa variedade, incluindo sementes de adubacão verde – feijao guandu – frutiferas, arbustos, legumes, etc.);
1 a 2 partes – água.

INSTRUÇÕES:
Adicionar o composto às sementes e misturar bem;
Adicionar a terra às sementes + composto e misturar até que esteja homogêneo;
Adicione a água passo-a-passo até que as bolas possam ser feitas, num diâmetro de até 1,5 cm (de preferência);
Secar as bolas de sementes à sombra, entre 1 a 2 dias;
Pronto! As bolas podem ser usadas imediatamente, ou armazenadas em local seco para uso posterior;
Para usar, simplesmente coloque ou jogue as bolas sobre a superfície, sem enterrá-las. Se possível escolha lugares onde a grama (quando houver) esteja bem baixa. Deixe-as sobre a terra até que a chuva as umedeça e inicie o processo…
Com a chegada da chuva a cobertura de terra se desfaz e as sementes começam a germinar. O composto por sua vez fornece aquela carga extra de energia à semente recém-brotada, e parte ao solo que vai receber a nova vida.
Depois de prontas as bombas, acreditamos que isso será perto das 12h, pedalaremos, para um pic nic, até a praça Homero Silva, perto da av Pompéia. No caminho semearemos nossas bombas de esperança por uma cidade melhor. No fundo não é isso que fazemos ao votar?

1 comentário

Arquivado em Próximo Pedal Verde

Agosto do Xingu

Este mês o Pedal verde irá para a Praça Orlando Vilas Boas, uma agradável praça criada na Vila Leopoldina sobre um espaço que manipulava parte do lixo da cidade. Apesar de ser uma mudança simbólica essa de lixões e estações de transbordo em parques e praças, nossa cidade ainda se encontra a anos luz de uma gestão descente de seus resíduos. Sucintamente:

Encontro: Viveiro Manequinho Lopes (na casa dos Agrônomos)

Horário: 9h

Um pouco mais sobre o Orlando e o Xingu:

Orlando e seus irmãos participaram da expedição roncador xingu, que tinha por objetivo desbravar o meio oeste Brasileiro. Lá foram eles e com o lema de Marechal Rondon na cabeça: “Morrer se preciso, matar jamais.” Este instalou linhas de telégrafos em 1914 pelo Oeste Brasileiro e com Ascendência indígena não admitia um confronto armado com estes ao surgirem conflitos entre as partes durante a instalação das linhas telegráficas. Com esse mote os irmãos Vilas Boas se aproximaram da realidade indígena e se afeiçoaram a ela.

Assim passaram a defender a criação de um grande parque, um espaço geográfico que permitisse que aquele modo de vida pudesse se manter. Em meio a corrida para o oeste onde centenas de milhares de indígenas foram exterminados em busca da posse da terra a luta pela manutenção de um território como esses não foi tarefa simples e muitas vezes lhe rendeu enormes inimizades. Mesmo assim os irmãos se mantiveram firmes na luta pela defesa daquelas pessoas que mantinham, e em grandes traços ainda mantém, uma vida muito diferente daquela que nós urbanizados cultivamos ter. Uma vida alegre com festas comunitárias, musicas e responsabilidades compartilhadas.

Uma dessas responsabilidades compartilhadas é o cuidado com as crianças. Orlando, que foi o irmão que mais escreveu, conta de um episódio em que se banhando no rio acompanhado de uma criança mergulha e ao levantar percebe que a criança não está mais por perto. Entra em desespero e começa a mergulhar mais e buscar a criança que com ele estava. Então num momento já de desesperança percebe a criança na margem do rio, voltando para a água. Se acalma e pergunta para a criança onde estivera, ela responde que foi fazer xixi. Então ele pergunta por que saíra do rio para isso e a criança lhe responde que não é permitido urinar no rio, pois isso fere a alma do grande rio. Com esse episódio Orlando retrata o cuidado com a água e o meio ambiente que pode não ter uma base cientifica, mas que têm um forte papel no imaginário destes povos tradicionais que habitam a região.

Hoje está em curso a construção de uma barragem nas cabeceiras do xingu, a famosa belo monte, que têm divergências grandes em relação ao seu potencial de fornecimento de energia. Dizem alguns que essa barragem só está saindo por causa do dinossauro Sarney, uma espécie digna de extinção que ainda caciqueia parte da politicagem nacional. Essa barragem têm por objetivo manter um modo de vida aos quais os povos tradicionais começam a se acostumar, internet, tv, espremedor de laranjas e por ai vai… Grande parte dos arredores do parque já estão desmatados, vide fig:

Salve a água boa do Xingu ou http://www.yikatuxingu.org.br/ numa das línguas locais é uma campanha que busca uma compreensão sobre a questão dessas águas.

Até amanhã!

1 comentário

Arquivado em Próximo Pedal Verde

Pedal Verde Agosto – Teatro Silva

Nosso encontro este mês vai realizar um Pedal e Plantio de Árvores frutíferas nativas no Teatro Silva (clique aqui para conhecer o blogue do teatro).

Vamos nos encontrar às 8h30 – 9h no Viveiro Manequinho Lopes, que fica dentro do Parque do Ibirapuera, na Av IV Centenário, portão 7A.

Saimos com as bikes e mudas em direção ao Teatro às 9h30!

Como o teatro fica em Pitiruba, desta vez vamos utilizar o apoio do Metrô ou CPTM para nosso deslocamento, pois domingo podemos utilizar os vagões com bikes.

Recomendamos que todos levem água e algumas comidinhas para o trajeto e para partilhar com o grupo durante o plantio!!

Lembre também de que a alegria, ação e sonhos para uma cidade mais verde e humana é nosso principal combustível!!

Convidem seus amigos e família!! Vamos pedalar juntos para plantar, cuidar e ver uma cidade mais viva e bonita para viver!!

Até domingo!!

 

3 Comentários

Arquivado em Agenda, Próximo Pedal Verde

Pedal Verde Especial – Expedição Rio verde: Rios e Ruas, Árvores Vivas

Esse domingo tem Pedal Verde Especial somando com a Expedição Rio Verde: Rios e Ruas, Árvores Vivas!

Confirme sua participação nesta linda expedição aqui!! http://www.facebook.com/ev​ent.php?eid=12056965136432​2

Aqui está o mapa com os três caminhos que serão percorridos. http://www.facebook.com/ph​oto.php?fbid=1917293075531​80&set=a.191077170951727.48910.136625299730248&t​ype=1

Grupo 1: Braço Oeste do Rio Verde – facilitador: José Bueno – Encontro para saída: Estação Vila Madalena do Metro – ao lado do Bicicletário próximo da saída da estação que dá para o Terminal de Ônibus – 9h30. Distância do percurso: ~ 4 km

Grupo 2: Braço Leste do Rio Verde – facilitador: Luiz de Campos – Encontro para saída: Estação Sumaré do Metro – saída da estação que dá para o Viaduto da Av. Dr. Arnaldo, sentido bairro – 9h30. Distância do percurso: ~ 4 km

Grupo 3: Pedal Verde – facilitadora: Juliana Gatti – Encontro pra saída: Viveiro Manequinho Lopes – Parque do Ibirapuera – Portão 7A – em frente a casa do Agrônomo – 9h30. Distância do percurso: ~ 10 km

Google Maps com roteiros e pontos de encontro: http://goo.gl/DKY25

Vamos reconhecer seu curso, sua foz, seus caminhos, uma linda veia hídrica de nossa cidade!! Percebendo mais a vegetação que habita seu trajeto, refletir sobre como ela se comporta em meio a este fluxo de água que ainda flui e vive!

Vamos fluir com nossas bikes, celebrar a vida da natureza ainda forte e resistente, vamos aprender com o rio, com as árvores… redescobrindo nossas conexões com eles e com tudo que nos fez realmente estar habitando aqui, este espaço.

Vamos sonhar juntos e irrigar de vida a cidade que queremos!! Alegria!! Amor!! Cuidado, carinho e preservação!!!

Esperamos vocês lá, saindo do viveiro manequinho lopes, portão 7A na casa do agrônomo – a partir das 9:30 saída programada para 10h.

Sugestão:

Levem comidinhas para compartilharmos com os três grupos que irão se encontrar numa praça em meio ao percurso e bebidas para hidratação!!

1 comentário

Arquivado em Agenda, meio ambiente, Próximo Pedal Verde

Pedal Verde no Abraço Guarapiranga: preservação de nossa fonte de água e do verde do Código Florestal

O verde preserva as água de beber de quem vive em São Paulo,

A água de beber vem de mananciais e pessoas que precisam de cuidado e carinho,

A bicicleta nos leva sem poluir à fonte de beber e carrega a mensagem da cidade que queremos.

Convidamos àqueles que bebem água em São Paulo a abraçar a Guarapiranga, pela preservação deste manancial responsável pela água de 4 milhões de paulistanos,  e pela proteção do verde que mantém a água, em repúdio ao novo Código Florestal do Deputado Aldo Rabelo.

O Abraço Guarapiranga 2011: Água de beber, lazer e viver é iniciativa da Rede de Olho nos Mananciais em parceria diversas organizações da sociedade civil e apoio do poder público, e pretende chamar a atenção da população e do poder público para a importância da represa do Guarapiranga como fonte de água.

O evento acontece desde 2006 e vem se consolidando como uma importante oportunidade para a população de São Paulo expressar seu carinho com a centenária represa, e ao mesmo tempo seu inconformismo e protesto pela situação de degradação dos mananciais exigindo mudanças que garantam a preservação das fontes de água da cidade.

Incluímos nesse abraço, o nosso  apoio:

 à nota técnica da Campanha SOS Florestas (Veja a íntegra da avaliação critica do Novo Código – https://www.socioambiental.org/nsa/detalhe?id=3329;

ao estudo científico da SBPC- Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência –  http://www.sbpcnet.org.br/site/home/home.php?id=1478)

e às ações de preservação das nossas fontes de água, incluindo àquelas propostas no Placar Guarapiranga.

Sairemos do Parque Ibirapuera às 9hs para o Parque Barragem.

PROGRAMAÇÃO

29 de MAIO de 2011

Parque da Barragem – Av. Robert Kennedy, atura do n.1.200,  esquina com João de Barro

9.30  Oficinas ambientais, Atividades culturais,Capoeira, plantio e distribuição de mudas

10,30 Passeio Ciclístico do Abraço à Guarapiranga

12:00   Abraço simbólico à Guarapiranga

Jardim Ângela

8:00  Caminhada das Paróquias da Região ao Parque Ecológico Guarapiranga

10.30   Celebração religiosa no Parque Ecológico Guarapiranga e plantio de mudas

12:00 Abraço simbólico à Guarapiranga

Solo Sagrado

10,30  Atividades ambientais

12:00  Abraço simbólico à  Guarapiranga

Organizadores do Abraço 2011:

CDHEP – Centro de Direitos Humanos e Educação Popular de Campo Limpo

Conselho Gestor UBS Veileiros

Espaço Formação assessoria e Documentação

Grupo de Escoteiros Almirante Tamandaré

Instituto Vitae Civilis

Movimento Garça Vermelha – MOGAVE

Movimento Eco-Estudantil

Paróquia São Francisco de Assis

Rede Agenda 21

Sociedade Santos Mártires

Solo Sagrado de Guarapiranga

Universidade de Santo Amaro – UNISA

Deixe um comentário

Arquivado em Agenda, Próximo Pedal Verde

Um dia na Praça

O 20.o Pedal Verde, último de 2010, foi muito especial! Somamos nossas ações em parceria com o 20.o Movimento Boa Praça e o 5.o Paz na Diferença!

Foi um dia lindo e ensolarado, repleto de atividades! Começando por um grande desafio no Viveiro Manequinho Lopes, transportar 5 quaresmeiras gigantes, com cerca de 2,5m de altura nos bagageiros das bikes!! Cada muda que conseguíamos colocar em pé na bike era comemorada.

Para integrar ainda mais os movimentos, cordões de tsurus (veja neste link um vídeo de como dobrar um) preparados pela equipe do Paz na Diferença, foram pendurados nas árvores. Outros, soltos, foram distribuidos ao longo do caminho para motoristas de automóveis!

Chegando na Praça Amadeu Decome, o Movimento Boa Praça recebeu todos os projetos parceiros com uma linda mesa de alimentos compartilhada, canto de leitura, brincadeiras para as crianças, caminhada de reconhecimento das árvores e no fim do dia técnicas de respiração e meditação com o Arte de Viver.

Veja os diversos registros deste dia tão especial

FOTOS NA PÁGINA DO MOVIMENTO BOA PRAÇA

FOTOS DE IORAM FINGUERMAN

FOTOS DE GABRIEL RODRIGUES

Deixe um comentário

Arquivado em Diário do Pedal

20.o PEDAL VERDE + 20.o BOA PRAÇA + 5.o PAZ NA DIFERENÇA

Vamos comemorar o 20.o PEDAL VERDE com muita festa!! Para celebrar especialmente esta data, estamos nos unindo ao MOVIMENTO BOA PRAÇA e ao PAZ NA DIFERENÇA do Projetos Terapêuticos.

Será um dia inteiro de atividades, saindo 9:00 com o PEDAL VERDE do Viveiro Manequinho Lopes, em direção a Praça Amadeu Decome. Lá vamos realizar o plantio de quaresmeiras e manacás – árvores do gênero Tibouchina, nativas da nossa Mata Atlântica!

Na hora do almoço estaremos dobrando com o Paz na Diferença, 1.000 Tsurus pela Paz e a tarde  teremos música, pic-nic (leve algum prato para partilhar), jogos e brincadeiras para as crianças e adultos, além de técnicas de meditação e respiração com o Arte de Viver.

O evento é aberto à participação de toda a população! Esperamos você com muita alegria e paz!! Até lá!

2 Comentários

Arquivado em Agenda, Diário do Pedal, Próximo Pedal Verde